Navigation Menu+

Vocalista Chorão ganha homenagem temporária em muro do CT Rei Pelé

Encontrado morto na última quarta-feira, músico e torcedor do Santos tem imagem retratada em banner no espaço onde estava a gravura de Ganso

O cantor Alexandre Magno Abrão, o Chorão, que foi encontrado morto na madrugada da última quarta-feira em São Paulo, ganhou uma homenagem temporária no mural que homenageia os 100 anos do Santos, pintado nos muros que envolvem o CT Rei Pelé. Na manhã deste sábado, um banner com uma gravura do músico foi colocado no espaço onde ficava a imagem do meia Paulo Henrique Ganso.

– Foi uma ideia pública, que partiu de alguns torcedores. É uma homenagem temporária da nossa equipe de trabalho a um artista que é muito considerado pelos santistas, e que era torcedor do Santos – explica o artista plástico Paulo Consentino, responsável pelo mural do Peixe.

A possibilidade de que uma imagem de Chorão viesse a ocupar o espaço deixado pela gravura de Ganso, pichada no ano passado após a venda do meia para o São Paulo por R$ 23,9 milhões, fora ventilada na quinta-feira, um dia depois da morte do cantor. O banner, no entanto, será substituido em breve pela imagem de algum atleta histórico do Santos. O jogador a ser homenageado será escolhido em uma votação pela internet.

Torcedor do Santos, Chorão já participou de vários eventos ligados ao clube, shows que marcaram a apresentação de Robinho em 2010 e a conquista do tricampeonato paulista em 2012, ambos na Vila Belmiro. O Peixe também prestou homenagem ao músico, divulgando um vídeo sobre o cantor em seu site oficial e com faixas em frente a Vila e o CT.